Saiba que jogar por longos períodos pode causar dores.

em 23 de abril de 2018

Ficar longos períodos jogando videogame pode trazer o comprometimento das articulações. Isso porque, como são realizados movimentos repetitivos podem causar artrite crônica, uma inflamação que acomete as articulações e que provoca dor e limitação de movimento. Além do videogame, digitar por horas consecutivas em celulares touchscreen podem gerar dores no pulso e nos dedos. “Quando os movimentos são realizados várias vezes e em postura inadequada pode ocorrer lesões musculares e causar desgaste nas articulações e nervos, gerando não apenas as dores como inflamações”, afirma o fisioterapeuta Helder Montenegro, especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna.

De acordo com o especialista, o uso de eletrônicos como celular, tablet e videogame causa lesões na região cérvico-escapular dos pacientes, que é onde inicia o membro superior, os ombros. “Como à escápula não fica acomodada quando fazemos emprego dessas tecnologias, causa um esforço maior na musculatura, gerando as lesões. O problema é que durante a prática dessas atividades o cérebro libera endorfina que inibe as dores. Por isso, alguns costumam passar mais de 8 horas jogando sem sentir os incômodos, o que acaba prejudicando os músculos e as articulações”, esclarece.

O fisioterapeuta alerta que o tempo máximo de permanência jogando é de duas horas para adultos e de apenas uma hora para crianças, com pausas de 15 para ingerir líquidos e descansar os músculos. Sendo assim, quando essas pausas não são realizadas, a pessoa pode apresentar sintomas como dores nos membros superiores e nos dedos, dificuldade para movimentá-los, formigamento, fadiga muscular, alteração da temperatura e da sensibilidade, redução na amplitude do movimento, inflamação.

Ficar longos períodos jogando videogame pode trazer o comprometimento das articulações. Isso porque, como são realizados movimentos repetitivos podem causar artrite crônica, uma inflamação que acomete as articulações e que provoca dor e limitação de movimento. Além do videogame, digitar por horas consecutivas em celulares touchscreen podem gerar dores no pulso e nos dedos. “Quando os movimentos são realizados várias vezes e em postura inadequada pode ocorrer lesões musculares e causar desgaste nas articulações e nervos, gerando não apenas as dores como inflamações”, afirma o fisioterapeuta Helder Montenegro, especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna.

De acordo com o especialista, o uso de eletrônicos como celular, tablet e videogame causa lesões na região cérvico-escapular dos pacientes, que é onde inicia o membro superior, os ombros. “Como à escápula não fica acomodada quando fazemos emprego dessas tecnologias, causa um esforço maior na musculatura, gerando as lesões. O problema é que durante a prática dessas atividades o cérebro libera endorfina que inibe as dores. Por isso, alguns costumam passar mais de 8 horas jogando sem sentir os incômodos, o que acaba prejudicando os músculos e as articulações”, esclarece.

O fisioterapeuta alerta que o tempo máximo de permanência jogando é de duas horas para adultos e de apenas uma hora para crianças, com pausas de 15 para ingerir líquidos e descansar os músculos. Sendo assim, quando essas pausas não são realizadas, a pessoa pode apresentar sintomas como dores nos membros superiores e nos dedos, dificuldade para movimentá-los, formigamento, fadiga muscular, alteração da temperatura e da sensibilidade, redução na amplitude do movimento, inflamação.