Saiba como tratá-la

em 11 de janeiro de 2018

O QUE É E COMO TRATAR UMA DOR CRÔNICA

Resultado de imagem para lombalgia ou hernia de disco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A luta contra a dor pode se transformar em uma verdadeira jornada de difícil resolução. Geralmente, começa como um problema aparentemente simples, mas que aos poucos parece não ter fim, levando a sentimentos de desesperança, isolamento social e muitos outros problemas. A Dor Crônica é geralmente descrita como uma dor persistente por pelo menos três meses e afeta 3 em cada 10 brasileiros, ou seja, estima-se que cerca de 30% da população brasileira sofrem ou sofrerão de dor crônica, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A dor é um alerta que o corpo manda para nos avisar que tem algo errado. Quando o cérebro interpreta que a dor não está sendo "resolvida" ele fica ainda mais "sensível" aos estímulos da dor, captando-os de forma mais intensa. O recrutamento de um outro sistema nervoso chamado autonômico, faz com que a dor fique ainda mais "enraizada" e de difícil resolução, o que caracteriza a dor crônica.

Segundo especialistas, cerca de 60% dessas dores são sentidas na cabeça ou nas costas, e destas 50% relatam que sua rotina foi afetada por conta da dor, como aconteceu com o vendedor Josaphá Barbosa de Andrade Filho, de 47 anos, que há mais de 10 anos sofria de dor na coluna lombar, o mesmo relata que a dor era insuportável, atingia o nervo ciático e irradiava até o pé, dificultando as atividades diárias como dirigir, fazer refeição na mesa na posição sentada, andava com dificuldade e muitas vezes se ausentou no trabalho pela dor lacerante.

Dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) apontam que dores nas costas são a maior causa de afastamento no trabalho e aposentadoria por invalidez, e o que torna ainda mais preocupante é o fato de que 8 em cada 10 pessoas vão ter problemas de coluna em algum momento na vida, de acordo com a OMS.

Essas dores são de difícil melhora, por isso na grande maioria dos casos, o tratamento mais preconizado é o interdisciplinar, envolvendo profissionais de diversas áreas da saúde, como medicina, enfermagem, fisioterapia, psicologia, nutricionista, entre outros e programar um plano de tratamento para cada paciente.
 

COMO TRATAR A DOR CRÔNICA
 

O tratamento para a dor crônica deve ser feito de forma individualizada, de acordo a necessidade de cada pessoa e deve ser realizado por profissionais especialistas em dor.

Alguns recursos muito utilizados no tratamento de pessoas com dores crônicas costumam ser diversos tipos de medicamentos, como por exemplo anti-inflamatórios, antidepressivos, analgésicos ou anticonvulsivantes.

O ortopedista, Dr. Carlos Alexandre explica que as medicações no tratamento da dor crônica devem ser muito bem recomendadas e que a automedicação deve ser evitada a todo custo visto que tomar anti-inflamatórios por muito tempo pode levar a lesão dos rins e fígado e anemia grave, e ainda reforça a necessidade de um tratamento não medicamentoso em paralelo nos casos da dor crônica, já que esses conseguem amenizar a dor sem sobrecarregar os órgãos e assim vai ser feito o desmame da medicação.

Outra alternativa para tratar a dor crônica são as terapias alternativas como osteopatia, auriculoacupuntura, acupuntura, dry needling, crochetagem mioaponeurótica, e como a incidência da dor crônica é maior em dores na coluna o método que se sobressai é o RMA (Reconstrução músculo articular). O objetivo da terapia alternativa é melhorar a percepção corporal, aliviando a tensão e os estímulos nervosos, o que tem grande influência sobre a dor.

Resultado de imagem para fisioterapia para hernia de disco

A osteopatia é um sistema de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria, que visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais, agindo através da intervenção de terapia manual sobre os tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsula, tecido nervoso, vísceras, vascular e linfático).

A fisioterapeuta Darlene Pellegrino explica que com essas estimulações manuais é possível “corrigir” as disfunções osteopáticas encontradas favorecendo a homeostasia do corpo, ou seja, melhorando o estado de equilíbrio das diversas funções e composições químicas do corpo, sendo assim, é uma importante ferramenta no tratamento das dores crônicas, uma vez que não utiliza medicação ou procedimentos invasivos para o controle da dor.

A auriculoacupuntura atua promovendo o reequilíbrio energético através da harmonização do funcionamento dos órgãos internos, o Dryneedling promove um aumento de irrigação sanguínea no local do agulhamento, melhorando a circulação e oxigenação os tecidos causando o relaxamento da musculatura, já a crochetagem mioaponeurótica é uma abordagem terapêutica não invasiva que atua na quebra e liberação das aderências fibrosas que dificultam o funcionamento biomecânico normal, como resultado, permite normalizar o trofismo e a mobilidade tecidual na região implicada.

A Reconstrução Músculo-Articular é um método NÃO CIRÚRGICO que utiliza técnicas de fisioterapia validadas cientificamente e tecnologia de última geração. Esse método já ajudou, aproximadamente, 50.000 pacientes em todo o Brasil. Esta é uma metodologia exclusiva que já alcançou projeção em três continentes, possui 4 etapas:

1) Fisioterapia manual que consiste da primeira etapa do tratamento com objetivo de restaurar e manter o funcionamento normal e indolor das articulações

2) Tração da coluna vertebral na maca de tração eletrônica com objetivo de aumentar o espaço intervertebral promovendo descompressão com cargas controladas

3) Maca de flexo-descompressão usada para diminuir protrusão e reduzir estenose

4) Estabilização vertebral promovendo proteção e suporte as articulações vertebrais através da ativação dos músculos profundos da coluna.
 

Além dos recursos apresentados, muitas vezes, é necessário promover uma mudança de hábitos de vida. Lidar com uma dor persistente é um desafio complexo e para ser bem sucedido será fundamental investir em uma vida mais saudável, desde os aspectos nutricionais, com uma dieta balanceada, até as atividades de lazer, manter uma vida mais ativa e significativa. Tudo isso influenciará muito nos resultados do tratamento indicado e na maneira como a dor será encarada.

Sofre de Dor Crônica? Em salvador contamos com tratamento diferenciado para dores no corpo e patologias da coluna! Ficamos no Centro Médico Salvador, Itaigara. 
Ligue agora! (71) 3022-2994 ou whatsapp (71) 9 9103-7554.

Podemos ajudar você!