popularmente conhecida como “síndrome do chicote”, é bastante frequente após acidentes automobilísticos.

WHIPLASH

A lesão de Whiplash é, popularmente, conhecida como “lesão de chicote” ou “síndrome do chicote” e é bastante frequente após acidentes automobilísticos. Trata-se de uma lesão de estiramento dos músculos e ligamentos do pescoço para além dos limites normais de movimento.

whiplashCAUSAS DA LESÃO DE WHIPLASH

Quando um veículo para de repente, em um acidente ou quando atingido por trás, o cinto de segurança irá manter o corpo da pessoa estático, mas a cabeça segue o movimento brusco para frente e, em seguida, para trás, causando a lesão de whiplash. Esse mecanismo também pode ocorrer em esportes de alto impacto como: futebol americano, boxe, entre outros.

SINTOMAS DA LESÃO DE WHIPLASH

Existe, em muitos casos, dor e rigidez no pescoço durante os primeiros dias após uma lesão de whiplash. A dor também pode ser sentida em grupos musculares próximos: na cabeça, tórax, ombros e braços. A dor de whiplash também pode não aparecer logo após um acidente ou demorar horas para se desenvolver e depois permanecer por vários dias. Os sintomas incluem tonturas, dores de cabeça, dor ou rigidez no pescoço, mandíbula, ombros ou braços.

DIAGNÓSTICO E EXAMES

O diagnóstico pode ser feito clinicamente, levando em conta as características dos sintomas e o resultado do exame neurológico. Exames como raio-x, tomografia e ressonância magnética ajudam a determinar o tamanho da lesão e em que exata região da coluna está localizada.


Ficha de Interesse

Favor preencher o formulário abaixo, um de nossos consultores entrará em contato com você.

Entre em contato para marcar uma consulta


Enviar mensagem