Conheça suas causas e como prevenir

em 11 de abril de 2018

Cefaleia Tensional

Caracterizada como um incômodo que pode variar de intensidade ao longo do dia e afetar a frente e/ou os lados da cabeça, a cefaleia tensional, muitas vezes descrita como a sensação de uma faixa apertando o crânio, é o tipo mais comum de dor de cabeça, e suas causas não são bem compreendidas. Pode ser resultado de noites mal dormidas, estresse, alterações emocionais, tensões, entre outros. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de 38% a 74% dos brasileiros sofrem com cefaleia tensional.

Existem duas modalidades desta doença: Episódica e Crônica.

  1. Cefaleia ou dor de cabeça tensional episódica representa um problema temporário em resposta a algum evento desencadeante específico. Geralmente dura de meia hora a 7 dias. Muitos casos ficariam com essa dor de cabeça ao final de um dia cheio ou um período estressante.
  2. Cefaleia ou dor de cabeça tensional crônica representa um problema mais duradouro, que vai além de 7 dias, podendo até mesmo ocorrer todos os dias, por tempo indeterminado. Geralmente, a pessoa acorda com a dor descrita acima, ou começa a senti-la ainda pela manhã, durando o dia inteiro.

A dor de cabeça tensional pode vir acompanhada de dor na nuca, nos músculos dos ombros e também nas costas.

Principais Causas

Não há uma causa única para a cefaleia tensional, podendo surgir de fatores como:

  • Má postura
  • Estresse emocional ou mental, incluindo depressão.
  • Ansiedade
  • Cansaço
  • Fome
  • Excesso de exercícios.

A cefaleia tensional episódica geralmente acontece por uma situação estressante isolada ou um acúmulo de estresse. Exemplos de fatores que geram o estresse incluem:

  • Problemas familiares
  • Preparar-se para provas ou exames
  • Voltar de férias
  • Perder um emprego
  • Estar insatisfeito com o próprio corpo
  • Prazos no trabalho
  • Competição em esportes ou outras atividades
  • Trabalho em excesso
  • Não dormir o suficiente

Sintomas:

  • Leve dor ou pressão na frente, topo ou laterais da cabeça
  • Dor de cabeça que ocorre no final do dia
  • Dificuldade em adormecer e manter o sono
  • Fadiga crônica
  • Irritabilidade
  • Dificuldade de concentração
  • Sensibilidade à luz ou ruído
  • Dores musculares.

Tratamento para a Cefaleia tensional

Algumas pessoas que sofrem com a patologia não procuram atendimento especializado e tentam tratar a dor por conta própria. Infelizmente, o uso repetido de medicamentos analgésicos pode realmente causar dores de cabeça ainda piores.

Dessa forma, é importante procurar ajuda e seguir as orientações.

Tratamentos alternativos

Além da medicação, outros tratamentos podem ajudar na cefaleia tensional, como acupuntura e a osteopatia que pode ajudar aliviando as tensões musculares e tratando as zonas que podem estar sobrecarregando a região cervical.

Dicas para prevenir

1) Reduza os níveis de estresse, essa é uma das maiores causas;

2) Flexione menos a cabeça ao digitar no celular;

3) Execute atividades físicas regularmente, como o pilates!

 

Gostou das dicas? Então compartilhe com sua família e amigos!
Ajude a propagar informações que podem ajudar outras pessoas.